Mais de 300 projectos do Angola Investe beneficiam de garantia pública

4 September 2015

Trezentos e três projectos financiados pela banca comercial ao abrigo do programa Angola Investe beneficiaram de garantia pública, revelou quarta-feira, em Luanda, o administrador do Fundo de Garantia de Crédito Manuel Passos.

O administrador disse que aqueles projectos, aprovados desde 2013, obtiveram um financiamento de 59 mil milhões de kwanzas (466,7 milhões de dólares) e garantias de crédito no montante de 30 mil milhões de kwanzas.

“O Fundo presta garantias com uma cobertura de até 70% do capital, daí essa diferença entre o montante financiado e os montantes garantidos pelo Fundo de Garantia de Crédito”, disse Manuel Passos, citado pela agência noticiosa Angop.

O administrador do Fundo, que efectuava uma visita à Imprimarte, uma empresa de artes gráficas que beneficiou de investimento pelo Angola Investe, disse que até à data não houve garantias accionadas, “o que é um bom sinal.”

O presidente da Imprimarte, subsidiária do grupo Cecaso, Carlos Cunha, informou que o Angola Investe concedeu um crédito de cinco  milhões de dólares (630 milhões de kwanzas) para concluir o projecto avaliado em 12 milhões de dólares (1512 milhões de kwanzas).

A empresa é uma empresa especializada em artes gráficas, dispondo de linhas de produção de livros, revistas, embalagens e rótulos, tendo encerrado 2014 com uma facturação de 355,9 milhões de kwanzas, que deverá aumentar para 794 milhões de kwanzas este ano.

O Fundo de Garantia de Crédito de Angola é uma instituição afecta ao Ministério da Economia que funciona com recursos públicos, no sentido de facilitar o acesso ao crédito bancário por parte das micro, pequenas e médias empresas. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH