Mercado português perde BESI e ganha chinês Haitong Bank

8 September 2015

O Banco Espírito Santo de Investimento (BESI) deixou de existir e em seu lugar surgiu o Haitong Bank, de acordo com um comunicado divulgada segunda-feira em Lisboa através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O Novo Banco, instituição bancária que herdou os activos de qualidade do falido Banco Espírito Santo e a Haitong International Holdings Limited procederam segunda-feira à assinatura da escritura de compra e venda do Banco Espírito Santo de Investimento, encerrando um processo iniciado em Dezembro de 2014.

A 8 de Dezembro de 2014 o Novo Banco informou que “concluiu, na presente data, a venda à Haitong International Holdings Limited, sociedade constituída em Hong Kong, subsidiária integralmente detida pelo grupo Haitong Securities, da totalidade do capital social do Banco Espírito Santo de Investimento (BESI) pelo preço de 379 milhões de Euros.”

A venda do banco à empresa chinesa foi comunicada à CMVM a 4 de Dezembro de 2014, tendo ficado o negócio dependente das necessárias aprovações, nomeadamente junto do Banco de Portugal, da Comissão Europeia, das autoridades da concorrência e de um conjunto de outras autoridades que exercem supervisão directa sobre a entidade compradora.

A 3 de Agosto de 2014, o Banco de Portugal assumiu o controlo do Banco Espírito Santo, após a apresentação de prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros e anunciou a separação da instituição em duas entidades: o chamado “banco mau” (um veículo que mantém o nome BES e que concentra os activos e passivos tóxicos do BES, assim como os accionistas) e o banco de transição, que foi designado Novo Banco.

O Banco Espírito Santo de Investimento, aquando da resolução do Banco Espírito Santo, transitou para o Novo Banco. (Macauhub/CN/PT)

MACAUHUB FRENCH