Primeiro satélite de Angola colocado em órbita no 1º trimestre de 2017

11 September 2015

O lançamento do primeiro satélite de Angola deverá ser efectuado no primeiro trimestre de 2017, estando previsto que a construção do “Angosat 1” fique concluída em Novembro de 2016, disse em Luanda o director-geral do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN).

Zolana Rui João, que usava da palavra no decurso de um encontro organizado pelo GGPEN, organismo afecto à Comissão Interministerial para a Coordenação Geral do Programa Espacial Nacional, sobre os desafios, benefícios e oportunidades da colocação em órbita do “Angosat 1”, projecto adjudicado à empresa russa Korolev Rocket and Space Corporation Energia, disse que o satélite terá uma vida útil de 15 anos.

Para garantir o funcionamento do satélite, prosseguiu Rui João, o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação tem estado a financiar a formação de quadros em engenharia de satélites e sistemas de engenharia espacial, encontrando-se sete estudantes na Rússia e um em Itália.

Além destes oito estudantes, nove outros estão a receber formação técnico-profissional em nano e pico-satélites (Universidade de Tóquio e Nihon, Japão), dez em desenho de missões e sistemas espaciais e igual número em operação de missões espaciais.

O centro de controlo e missão de satélites, órgão que vai controlar e fazer a telemetria dos dados enviados pelo satélite Angosat 1, vai ser construído no município de Cacuaco, em Luanda, de acordo com a agência noticiosa Angop. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH