China principal comprador de rochas ornamentais de Angola em Julho

15 September 2015

A China foi o principal comprador de rochas ornamentais de Angola em Julho passado, de acordo com um boletim informativo do Ministério da Geologia e Minas divulgado em Luanda.

O boletim, citado pela agência noticiosa Angop, informa ainda que em Julho as empresas angolanas exportaram 3502 metros cúbicos de rochas ornamentais, contra 177 metros cúbicos um mês antes, aumento que se ficou a dever à acumulação de exportações das empresas Angostone e DGF África.

Comparativamente ao mês homólogo de 2014, em que foram exportados 2222 metros cúbicos, registou-se um aumento de 57,5%.

Ainda em Julho, a produção de rochas ornamentais, nomeadamente mármores e granitos, atingiu 2027 metros cúbicos, um aumento mensal de 381 metros cúbicos.

O boletim informou igualmente ter-se registado uma contracção abrupta da produção, de 49,5%, comparativamente à registada em Julho de 2014, mês em que foram extraídos 4020 metros cúbicos.

Esta quebra ficou a dever-se, de acordo com o boletim, à baixa procura nos mercados interno e externo e cita o caso da empresa Coreangol que, dispondo actualmente de grande quantidade de rochas em armazém, não precisa de extrair mais.

O valor das vendas em Julho ascendeu a 1,05 milhões de dólares, que contrasta com os 40 mil dólares registados um mês antes e com 952 mil dólares no mês homólogo de 2014. (Macauhub/AO/CN)

MACAUHUB FRENCH