Cimenteira de Angola aumenta produção para 1,4 milhões de toneladas/ano

16 September 2015

A fábrica de cimento Cimenfort vai duplicar a produção para 1,4 milhões de toneladas por ano a partir de Janeiro 2016, ao abrigo da segunda fase do projecto de expansão da unidade, disse o director de projectos da empresa, Guilherme Paiva.

O responsável disse que tudo está a ser feito no sentido de estar a produzir naquela data 1,4 milhões de toneladas/ano, contras as actuais 700 mil, em declarações à agência noticiosa Angop a propósito do desenvolvimento industrial do Pólo de Desenvolvimento Industrial da Catumbela (PDIC), província de Benguela, onde que se situa a unidade fabril.

Guilherme Paiva referiu que os custos de modernização, expansão e sustentabilidade contínua da fábrica de cimento vão atingir 300 milhões de dólares em 2018, data da sua conclusão da terceira e última fase do projecto de expansão, que compara com os 100 milhões de dólares aplicados desde 2012, ano inaugural.

O director de projectos da Cimenfort disse ainda que os 200 milhões de dólares, que irão ser aplicadas na segunda e terceira fases, nomeadamente na compra e montagem de um forno eléctrico, vão permitir a expansão da produção ainda mais a partir de 2018, ano da conclusão da terceira e última fase do empreendimento.

“Queremos montar um forno para a produção do clínquer, que representa a maior preocupação da empresa, já que essa matéria-prima é actualmente importada da Europa”, esclareceu Guilherme Paiva, de nacionalidade brasileira.

A Cimenfort tem a distribuição da sua produção assegurada por cinco grandes distribuidores nas províncias de Benguela, do Huambo, da Huíla e do Namibe, que diariamente colocam no mercado de 2 mil a 2200 toneladas. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH