Grupo hoteleiro português Pestana disponível para vender activos

17 September 2015

O grupo hoteleiro português Pestana admite vender alguns activos, avaliados em 1100 milhões de euros, se as condições de mercado forem favoráveis, afirmou terça-feira em Lisboa o administrador José Roquette.

Ao longo das suas quatro décadas de existência, o maior grupo hoteleiro português cresceu como proprietário, sendo investidor e gestor em simultâneo, mas a nova estratégia de negócio passa por reforçar a operação também através de contractos de gestão.

Em 1996, 100% dos hotéis Pestana eram propriedade do grupo e actualmente essa percentagem baixou para 66%, sendo 22% dos hotéis em regime de arrendamento e concessão.

“A mudança de modelo está a acontecer, mas é difícil”, declarou Roquete, acrescentando que quando o grupo Pestana concorre à gestão de um novo projecto defronta-se com grupos que apenas se dedicam a contractos de gestão e que têm modelos de negócios muito mais aprofundados.

José Roquette revelou que estão em desenvolvimento dez projectos, dos quais seis internacionais e quatro em Portugal – São Miguel, Funchal, Lisboa e Tróia – num investimento médio anual que oscilará entre 35 milhões e 45 milhões de euros.

“Queremos reforçar muito a nossa presença na Europa e na América do Norte, que vai dominar muito os objectivos de investimento do grupo nos próximos anos”, declarou José Roquette, referindo que entre os novos dez hotéis estão projectos em Madrid, Amesterdão e Nova Iorque.

O grupo Pestana, cuja origem remonta a Novembro de 1972 com a constituição da M & J Pestana – Sociedade de Turismo da Madeira, desenvolve a sua actividade principalmente no sector do turismo, dispondo de uma carteira de 86 hotéis em 16 países e três continentes, sendo líder de mercado em Portugal, sétimo na Península Ibérica e 25.º na Europa. (Macauhub/PT)

MACAUHUB FRENCH