Fundo Soberano de Angola anuncia investimentos em projectos de desenvolvimento

29 September 2015

O Fundo Soberano de Angola vai aplicar no país mais de 203 mil milhões de kwanzas (1,6 mil milhões de dólares) na construção de infra-estruturas e habitação, disse segunda-feira em Luanda o presidente do Fundo.

José Filomeno de Sousa dos Santos disse ainda que daquele montante 139,6 mil milhões de kwanzas (1,1 mil milhões de dólares) vão ser despendidos na construção de infra-estruturas e os restantes 63,4 mil milhões de kwanzas (500 milhões de dólares) em imobiliário.

“Estes valores serão aplicados em diversos projectos que, nos próximos três a cinco anos, serão comercializados a fim de podermos apresentar resultados dos investimentos realizados”, disse, citado pejo semanário angolano Expansão.

O presidente do Fundo falava após ter sido empossado para mais um mandato de três anos à frente da instituição, uma cerimónia que contou com a presença do ministro das Finanças, Armando Manuel, do governador do Banco Nacional de Angola, José Pedro de Morais e do ministro do Planeamento e do Desenvolvimento Territorial, Job Graça.

José Filomeno dos Santos disse que, além das infra-estruturas e do imobiliário, foram definidos outros cinco sectores, incluindo agricultura, mineração e saúde, que beneficiarão de investimentos e realizações futuras.

“Angola continua a enfrentar grandes desafios, o Fundo está preparado para aplicar as poupanças públicas em benefício do país e vamos fazer o possível para que essas aplicações obtenham os melhores resultados para todos os angolanos”, realçou o presidente do Fundo Soberano de Angola.

O ministro das Finanças, Armando Manuel, que conferiu posse aos membros do conselho de administração do Fundo, disse ter “plena” certeza de que os gestores irão garantir a concretização das funções da instituição, que passam por assegurar e aplicar de forma “eficiente e responsável” as poupanças públicas. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH