Espanha ajuda Guiné-Bissau a adquirir três navios-patrulha

7 October 2015

A Espanha vai ajudar a Guiné-Bissau a adquirir três navios-patrulha para combater a pesca ilegal nas suas águas territoriais, ao abrigo de um acordo recentemente assinado em Bissau entre o governo guineense e a Embaixada de Espanha.

O acordo, assinado pelo embaixador da Espanha na Guiné-Bissau, Alfonso Lopes Perona e pelo secretário de Estado das Pescas guineense, Ildefonso Barros, estipula que os navios serão pagos com fundos da União Europeia e serão construídos por um construtor naval espanhol cuja identidade não foi divulgada.

A Guiné-Bissau possui um acordo de pesca com a União Europeia, ao abrigo do qual um determinado número de navios de pesca dos países europeus estão autorizados a proceder à faina nas águas territoriais guineenses.

No acto da assinatura do acordo, o secretário de Estado de Pescas destacou que os três navios vão permitir efectuar a fiscalização marítima tendo em vista apreender os navios que praticam a pesca ilegal nas águas do país.

O coordenador da Fiscalização das Actividades de Pesca (Fiscap), Cipriano Fernandes, recordou que há uma década a Guiné-Bissau não dispõe de nenhum navio-patrulha com capacidades de fazer o controlo nas suas águas. (Macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH