Angola utiliza garantia do Banco Mundial para contrair novo empréstimo

9 October 2015

O governo de Angola pretende contrair um empréstimo de mil milhões de dólares nos mercados doméstico e internacional utilizando uma garantia concedida pelo Banco Mundial, disse em Lima, Peru, o porta-voz da delegação do Ministério das Finanças.

O porta-voz da delegação ministerial que participa na assembleia anual do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial referia-se a um acordo assinado em Julho último entre o governo de Angola e o Banco Mundial, através do qual o país já obteve um empréstimo de 450 milhões de dólares.

“Foi um acordo que incluiu um apoio à tesouraria no valor de 450 milhões de dólares, já desembolsados e uma garantia de 200 milhões de dólares, que vai ser utilizada para mobilizar recursos em torno de mil milhões de dólares”, disse João Boa Quipipa.

O também director do Gabinete de Estudos e Relações do Ministério das Finanças, que falava após reuniões da delegação do país com a administração do Banco Mundial, disse que estes financiamentos da instituição podem contar já para o orçamento de 2015, numa altura em que as contas públicas estão fortemente afectadas pelo abaixamento dos preços do petróleo, mas também para o “Orçamento do próximo ano.”

O Ministério das Finanças de Angola anunciou a 1 de Julho de 2015 um acordo para este empréstimo, referindo tratar-se da primeira operação financeira, com o Banco Mundial, para a gestão e desenvolvimento de políticas na área fiscal e do investimento público em Angola. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH