China Three Gorges deverá concorrer à construção de barragens no Brasil

12 October 2015

O grupo China Three Gorges poderá apresentar uma proposta quando o governo do Brasil leiloar em Novembro próximo 29 concessões para a construção e exploração de centrais hidroeléctricas, noticiou a revista Exame Brasil.

Um membro da equipa económica da Presidente do Brasil disse à revista ter o governo brasileiro eliminado a restrição que impedia a apresentação de propostas por parte de grupos e empresas estrangeiros, permitindo assim que a estatal chinesa se possa apresentar a leilão.

A alteração ao estipulado na lei deve-se ao facto de muitas das empresas brasileiras estarem a encontrar dificuldades na obtenção de financiamento, devido à crise económica que se verifica no Brasil.

Empresas que anteriormente recorriam à ajuda do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES), estão actualmente a ser confrontadas com o facto de este banco estatal estar a diminuir a concessão de crédito devido às restrições em sede de Orçamento de Estado decididas pelo governo federal, de acordo com uma nota técnica do Credit Suisse Group AG datada de 4 de Outubro.

A Exame Brasil escreveu que a Companhia Paranaense de Energia (Copel) deverá participar no leilão, à semelhança da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e da Companhia Energética de São Paulo (CESP), havendo ainda manifestações de interesse por parte de empresas dos Estados Unidos, Canadá e Espanha.

A China Three Gorges já fechou um acordo neste ano para a compra de activos da brasileira Triunfo Participações e Investimentos (TPI), uma empresa com sede em São Paulo com forte presença nos segmentos de concessões rodoviárias, administração portuária e aeroportuária e produção de energia. (Macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH