IPIM de Macau abre representação em Lisboa, Portugal e em São Paulo, Brasil

15 October 2015

O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) vai abrir uma representação em Lisboa, Portugal, anunciou Glória Batalha Ung, vogal executiva da instituição, em declarações ao jornal bilingue Diário de Todos.

Em declarações àquele jornal que se publica em Lisboa, Glória Batalha acrescentou que, além de uma  representação em São Paulo, Brasil, o IPIM vai abrir mais duas na China, uma segunda em Cantão, na província de Guangdong e uma nova em Wuhan na província de Hebei.

O IPIM tem actualmente representações nas províncias de Guangdong (Cantão), Zhejiang (Hangzhou), Sichuan (Chengdu), Fujian (Fuzhou) e Liaoning (Shenyang).

Glória Batalha disse ainda ao Diário de Todos que se forem positivos os resultados da criação de um pavilhão dedicado especificamente aos países de língua portuguesa na Feira Internacional de Macau, que se realiza de 22 a 25 de Outubro corrente, será possível equacionar a organização em Macau de uma nova feira, numa outra data, dedicada à cooperação entre a China e os países de língua portuguesa.

A vogal executiva do IPIM disse também que o instituto tem um papel importante no apoio às PME dos países de língua portuguesa e vai continuar a fazer essa aposta prioritariamente, uma vez que as grandes empresas não necessitam desse tipo de apoios e intervenção de Macau.

Glória Batalha Ung participou em Lisboa num seminário sobre “Negócios interbancários transfronteiriços em yuans com os países de língua portuguesa” e numa apresentação dos novos produtos do IPIM, que contou com a co-organização do Banco da China, através da sede regional de Xangai e das sucursais de Macau, Luxemburgo e Lisboa.

O Gabinete de Comunicação Social do governo de Macau informou ter o IPIM feito uma apresentação sobre a “plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa” e o Banco da China uma sobre a internacionalização da moeda chinesa e dos negócios em yuans destinados aos mercados dos países de língua portuguesa.

A vogal executiva do IPIM debruçou-se especificamente sobre os objectivos dos “Centro de Serviços Comerciais para as Pequenas e Médias Empresas da China e dos Países de Língua Portuguesa”, “Centro de Distribuição dos Produtos Alimentares dos Países de Língua Portuguesa” e “Centro de Convenções e Exposições para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, bem como as funções do Portal de Informação onde estão patentes “on-line” cerca de mil produtos alimentares dos países de língua portuguesa. (Macauhub/AO/BR/CN/CV/GW/MZ/PT/TL)

MACAUHUB FRENCH