Delegação da província chinesa de Jiangsu visita Guiné-Bissau

26 October 2015

O secretário de Estado do Plano e Integração Regional da Guiné-Bissau, Degol Mendes, disse sexta-feira em Macau que uma delegação da província chinesa de Jiangsu visita aquele país africano antes do final do corrente ano para identificar possíveis áreas de investimento e cooperação.
Com uma área de 102 mil quilómetros quadrados e uma população de cerca de 80 milhões de pessoas Jiangsu, junto a Xangai, é a quinta província mais populosa da China, tem uma zona costeira com mais de mil quilómetros e possuiu o segundo PIB do país logo depois de Guangdong.
Numa conferência de imprensa o secretário de estado guineense disse que a Guiné-Bissau quer assumir-se como “plataforma” de acesso das empresas chinesas e dos países de língua portuguesa ao mercado de 300 milhões de pessoas da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO).
Degol Mendes esteve em Macau à frente de uma delegação da Guiné-Bissau que participou na 20.ª Feira Internacional de Macau (MIF) e assegurou que todas as previsões apontam para um crescimento económico daquele país africano superior a 5 por cento em 2015 apesar da “crise política”.
O dirigente guineense disse ainda que um dos objectivos do Governo de Bissau é realizar um encontro empresarial no país em 2016 que junte os países de língua portuguesa, a China e a CEDEAO.
Há 56 empresas chinesas a operarem na Guiné-Bissau nos sectores da agricultura, pescas e construção civil.(macauhub/CN/GW)

MACAUHUB FRENCH