Governo quer incentivar produção de algodão em Malange, Angola

26 October 2015

A ministra da Indústria de Angola, Bernarda Martins, lançou um apelo ao investimento produção de algodão em Malange modo a apoiar as três grandes unidades fabris têxteis reabilitadas pelo Governo nas províncias do Cuanza Norte, Luanda e Benguela.

Segundo a agência de notícias Angop a ministra, que falava por ocasião da Conferência Internacional de Promoção de Investimento para a província, lembrou que durante a administração colonial portuguesa, Malanje, foi um dos maiores produtores de algodão de Angola.

Actualmente Angola importa algodão para as fábricas de têxteis “África têxtil” (Benguela), “Textang 2” (Luanda) e “Satec” no Dondo (Cuanza Norte).

A ministra Bernarda Martins disse que o governo esta a trabalhar para criar terrenos para a indústria com infra-estruturas necessárias, nomeadamente água, energia, arruamentos e acessos, com o objectivo de apoiar os empresários que pretendam investir.

A ministra disse também que Malange produz bens agrícolas, nomeadamente milho, soja, feijão, mandioca e cana-de-açúcar que podem ser importantes matérias primas para investimentos na indústria transformadora.(macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH