China apoia sector da pesca artesanal da Guiné-Bissau

29 October 2015

A República Popular da China ofereceu às autoridades da Guiné-Bissau, na passada terça-feira, um lote de materiais de protecção individual para actividade da pesca artesanal, orçado em 30 mil dólares americanos.

O donativo que se destina a Associação Nacional dos Pescadores Artesanais (ANAPA) da Guiné-Bissau é constituído por luvas de algodão, luvas de borracha, impermeáveis e botas.

A entrega dos materiais foi feita pelo embaixador chinês no país, Wang Hua, ao Secretário de Estado das Pescas e Economia Marítima da Guiné-Bissau.

Na ocasião, o diplomata chinês recordou as relações entre os dois países desde a independência da Guiné-Bissau e realçou o facto da China estar sempre ao lado do país independentemente dos problemas pelos quais tem passado.

Por sua vez, o Secretário de Estado das Pescas e Economia Marítima, Ildefonso Barros, sublinhou que o gesto chinês responde à preocupação do Governo de garantir segurança aos pescadores guineenses nas actividades de faina.

Ildefonso Barros adiantou que, neste momento, a Secretaria de Estado das Pescas e da Economia e o Ministério da Economia e Finanças estudam a possibilidade de criar uma linha de crédito aos pescadores e às mulheres que exercem actividades ligadas às pescas.(macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH