PIB da Guiné-Bissau pode crescer entre entre 4,7% e 5%

29 October 2015

O Produto Interno Bruto (PIB) da Guiné-Bissau deverá crescer em 2015 entre 4,7 e 5%, anunciaram quarta-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Governo guineense.

O anúncio foi feito pelo representante do FMI na Guiné-Bissau, Oscar Melhado, e pelo o ministro da Economia e Finanças guineense, Geraldo Martins, depois das consultas realizadas entre a instituição financeira e a equipa económica guineense.

Segundo o FMI, o crescimento da economia guineense deverá ser de 4,7% em 2015 , e pode subir para 4,8% no em 2016, o que implica a revisão em alta do todo o desempenho.

O ministro Geraldo Martins admite, por seu turno, um crescimento de 5% ou mais a partir de 2016.

A “boa campanha da castanha do caju”, principal produto de exportação do país, foi a razão do optimismo que, segundo Geraldo Martins, vai trazer para a economia guineense “um impacto positivo”.

Inicialmente, o Governo contava exportar 150 mil toneladas do caju, mas acabou por exportar 180 mil toneladas, permitindo que a campanha de comercialização rendesse ao estado cerca de 164 milhões de dólares.(macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH