Grupo ENI apoia Sonangol na produção de gás em Angola

5 November 2015

O grupo italiano ENI vai apoiar a estatal Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) na produção de gás e na construção da refinaria do Lobito, em Angola, anunciou o grupo ENI em comunicado divulgado na sua página electrónica.

A decisão resulta do acordo rubricado quarta-feira em Roma entre o presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Francisco de Lemos José Maria, e o administrador executivo da ENI, Cláudio Descalzi, para “um novo reforço da parceria estratégica e operacional entre as duas empresas.”

O encontro serviu para abordar também a produção de gás natural, “com a confirmação do compromisso de se prosseguir com as actividades de valorização do gás doméstico, que será produzido por ambas as empresas, em parceria, visando a promoção do acesso à energia e o apoio à economia.”

As duas petrolíferas deverão concluir, nos próximos meses, a avaliação de projectos de desenvolvimento de campos de gás, na bacia do Congo, destinados à produção de energia eléctrica no país, estimados num potencial de até 1,5 gigawatts (GW).

Presente em Angola desde 1980, o grupo italiano garante a produção diária, no país, de 105 mil barris de petróleo, estando ainda envolvido em projectos em fase de desenvolvimento no mar angolano. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH