Haitong Bank coordena venda de acções da Redes Energéticas Nacionais

6 November 2015

O Haitong Bank ,  antigo Banco Espírito Santo de Investimento e o Caixa Banco de Investimento vão coordenar a oferta particular dirigida a investidores institucionais de 5% do capital social da Redes Energéticas Nacionais (REN), anunciou o Novo Banco.

As acções são detidas pela Oliren, uma empresa detida pela família Oliveira que foi fundadora da têxtil Riopele e que é um dos accionistas portugueses de referência da gestora das redes de energia que, com esta operação, abandona o capital da REN.

A participação de 5% ou 26,7 milhões de acções vai ser vendida pelo Novo Banco, a instituição que ficou com os activos considerados bons do falido Banco Espírito Santo, ao abrigo de um contracto que confere ao Novo Banco “poderes para vender.”

A Oliren entrou no capital da REN no final de 2006, em conjunto com outros dois grupos portugueses, a Gestmin de Manuel Champalimaud e uma empresa de Filipe de Botton, proprietário da Logoplaste, tendo cada um comprado 5% do capital à EDP, num total de 15%.

Filipe de Botton já não tem participação qualificada, acima de 2%, na REN, depois de o empresário ter considerado que o investimento deixou de ser estratégico.

Os principais accionistas da REN são o grupo State Grid of China, com 25%, Oman Oil (15%), Gestmin SGPS (5,9%) e Fidelidade – Companhia de Seguros (5,3%), também do antigo grupo Espírito Santo e vendida ao grupo chinês Fosun. (Macauhub/CN/PT)

MACAUHUB FRENCH