Cabo Verde inicia V Recenseamento Geral da Agricultura

10 November 2015

O V Recenseamento Geral da Agricultura (RGA) de Cabo Verde teve início segunda-feira, uma operação estatística que deverá durar três meses e custar 4,9 milhões de euros, de acordo com a ministra do Desenvolvimento Rural.

A ministra Eva Ortet disse, aquando do anúncio da realização do RGA, que se trata de uma operação “estratégica”, uma vez que permitirá a Cabo Verde dispor de informações fundamentais para conhecer a dinâmica do sector agrícola a nível nacional.

“Temos a percepção de que todos os investimentos realizados no sector agrícola têm produzido efeitos. Temos estimativas de que há um aumento grande de produção, há diminuição dos preços, mas temos que medir esse impacto, temos que ter dados reais do sector e também poder avaliar qual é contribuição do sector agrícola no PIB”, referiu a ministra na altura.

O recenseamento agrícola vai envolver cerca de 500 pessoas entre agentes, supervisores e os delegados do Ministério do Desenvolvimento Rural em todo o território cabo-verdiano, sendo a coordenação feita pelo Instituto Nacional de Estatística.

O primeiro recenseamento agrícola realizou-se em Cabo Verde em 1963, tendo-se seguido já depois da independência os de 1978, 1988 e 2005. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH