Substituição de notas por moedas em Angola permite poupança ao Estado

10 November 2015

As duas moedas metálicas de 50 e 100 kwanzas colocadas em circulação em Angola vão substituir as notas de igual valor facial, permitindo uma poupança ao Estado, disse segunda-feira em Luanda o governador do Banco Nacional de Angola.

O acto de lançamento das duas moedas decorreu segunda-feira em Luanda na sede do Banco Nacional de Angola, em cerimónia orientada pelo governador José Pedro de Morais e enquadra-se nas comemorações dos 40 anos da independência de Angola.

O administrador do BNA com o pelouro dos Meios Circulantes, António Manuel Ramos da Cruz, disse que de imediato a instituição dispõe apenas de 240 mil moedas mas acrescentou que a prazo serão colocadas no mercado 50 milhões de moedas de 50 kwanzas e igual número de moedas de 100 kwanzas.

Ramos da Cruz recordou que as notas de menor valor facial têm cerca de três meses de vida no mercado, enquanto as moedas vão passar a durar bastante mais tempo, o que “vai permitir uma redução de custos com a produção de notas e também fazer com que estas fiquem mais tempo no mercado.”

As notas de 50 e 100 kwanzas vão ser substituídas à medida que as moedas começarem a entrar no mercado, garantindo o Banco Nacional de Angola que a massa monetária em circulação vai manter-se inalterada.

O BNA tem actualmente cerca de 243 milhões de moedas em circulação, um número que é considerado razoável para as necessidades do mercado. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH