Banco de Moçambique agrava taxas de juro para travar aumento dos preços

17 November 2015

As taxas de juro de referência do mercado de Moçambique foram aumentadas em 50 e em 75 pontos base e o coeficiente de reservas obrigatórias sofreu um aumento de 150 pontos base para 10,5%, de acordo com as mais recentes decisões do banco central.

A Comissão de Política Monetária, reunida segunda-feira, decidiu aumentar em 50 pontos base para 8,25% a taxa de juro da facilidade permanente de cedência de liquidez e em 75 pontos base para 2,75% a taxa de juro da facilidade permanente de depósitos.

Da reunião saiu ainda a decisão de intervir no mercado interbancário a fim de garantir que a massa monetária em circulação não ultrapassará 66 437,5 milhões meticais no final de Novembro.

O comunicado divulgado pelo Banco de Moçambique adianta que a conjuntura económica internacional, conjugada com os choques sentidos pela economia moçambicana, tem tido reflexos no crescimento moderado do PIB e na deterioração dos indicadores do sector externo com impacto no comportamento da taxa de câmbio e na pressão inflacionista.

“Num contexto em que as previsões de inflação de curto e médio prazo sinalizam a necessidade de cautelas redobradas, a Comissão de Política Monetária deliberou (os aumentos das taxas de juro de referência) a fim de assegurar a estabilidade macroeconómica do país”, pode ler-se no documento. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH