Brasileira Embraer prevê entrega de 9100 jactos executivos na próxima década

17 November 2015

A procura por aviões a jacto executivos deverá situar-se em 9100 aparelhos no decurso dos próximos 10 anos, proporcionado uma facturação de 259 mil milhões de dólares às empresas fabricantes, de acordo com uma previsão divulgada pela brasileira Embraer.

O anúncio foi efectuado no decurso da convenção e encontro anual de 2015 da Associação Nacional de Aviação Executiva (“National Business Aviation Association”), que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A previsão divulgada pela Empresa Brasileira de Aeronáutica aponta para uma taxa composta de crescimento anual do segmento de 3%, excedendo além disso as entregas de jactos executivos na última década, com 8190 aparelhos e um valor de mercado de 198 mil milhões de dólares.

A nova previsão de entregas reflecte uma procura elevada no mercado americano e uma redução nos países emergentes, sendo os aviões leves e de médio porte aqueles que deverão ter maior impacto, com cerca de dois terços das entregas totais.

O mercado da América do Norte deverá vir a adquirir 4850 aviões a jacto, a Europa e África 2100 e o Médio Oriente e a região Ásia/Pacífico 1500 unidades, enquanto a procura na América Latina não deverá exceder 650 aparelhos.

Por dimensão, a procura por jactos leves deverá atingir 2420 unidades, a que se seguirão os médios com 3280 unidades e os grandes com 3400 aparelhos. (Macauhub/BR)

MACAUHUB FRENCH