Seguradora Fidelidade investe no mercado de capitais da China

17 November 2015

A companhia de seguros Fidelidade vai ser a primeira empresa portuguesa a intervir no mercado de capitais da China através do investimento em acções nas bolsas de valores de Xangai e de Shenzhen, de acordo com o regulador do mercado.

Uma informação publicada na página electrónica da Chinese Securities Regulatory Commission (CSRC) indica que a Fidelidade foi incluída numa lista restrita de empresas estrangeiras autorizadas a investir nas praças financeiras do país.

A lista, com 290 empresas, inclui os maiores bancos e companhias de seguros mundiais, tendo na Península Ibérica apenas o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria obtido uma licença semelhante, de acordo com a agência noticiosa Lusa.

A Fidelidade, que foi adquirida no ano passado pelo grupo chinês Fosun, aguarda agora que lhe seja atribuída uma quota pela State Admnistration of Foreign Exchange (SAFE), um processo que demora cerca de três meses.

O programa através do qual a Fidelidade irá investir chama-se “Qualified Foreign Institutional Investor”, foi criado em Julho de 2003 e conta com 290 investidores institucionais e uma quota total atribuída de 78,8 mil milhões de dólares.

O banco depositário será o Industrial e Comercial da China (ICBC), que desde Agosto de 2006 tem um escritório de representação em Lisboa, Portugal. (Macauhub/CN/PT)

MACAUHUB FRENCH