Consórcio de Espanha assina acordo para edificar 20 projectos na Guiné-Bissau

20 November 2015

O consórcio espanhol “Ribert Investiment & Business Trust/Indico PLC” vai em breve iniciar a construção de 801 casas de baixo custo num bairro periférico de Bissau, capital da Guiné-Bissau, anunciou Roberto Mondéjar, dirigente do grupo empresarial.

A construção de habitação social é um dos 20 projectos que o consórcio pretende executar na Guiné-Bissau, nos termos de um acordo assinado entre o governo da Guiné-Bissau e Roberto Mondéjar, que encabeça o grupo de empresários espanhóis que na quarta-feira iniciou uma visita de quatro dias ao país.

O ministro da Economia e Finanças, Geraldo Martins, disse que os projectos mencionados estão todos associados à construção de infra-estruturas e que serão financiados através de um modelo exemplar e pioneiro na Guiné-Bissau.

“Pela primeira vez na Guiné-Bissau vamos ter um Fundo de Investimento Privado, que terá uma dotação de valor considerável e que transfere fundos para que as empresas possam executar obras de interesse público”, disse, manifestando-se convicto de que os referidos projectos irão mudar a fisionomia da Guiné-Bissau e lançar bases para um crescimento sustentável e inclusivo.

Os vinte projectos a executar pela “Ribert Investiment & Business Trust/Indico PLC” na Guiné-Bissau incluem a construção de um novo terminal de transpores, um matadouro, estes dois em Antula e uma ponte sobre o Rio Farim, norte da Guiné-Bissau e local onde em breve se vai dar início à exploração de depósitos de fosfatos. (Macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH