Grupo de Apoio Orçamental atribui nota positiva a Cabo Verde

23 November 2015

O Grupo de Apoio Orçamental (GAO) atribuiu uma nota positiva à política económica e orçamental de Cabo Verde, no âmbito da segunda das duas visitas anuais ao arquipélago, escreveu o jornal cabo-verdiano A Semana.

O grupo destacou no comunicado final desta segunda visita o facto de a economia de Cabo Verde ter registado um crescimento de 1,4% em 2014.

Os membros constitutivos do grupo, Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Mundial, Luxemburgo, Portugal, Espanha e União Europeia, advertiram que o nível da actividade económica em Cabo Verde deve melhorar e que a deflação e o desemprego elevado que se registam são característicos de uma economia que funciona abaixo da sua capacidade.

A ministra das Finanças, Cristina Duarte, confirmou que a economia do arquipélago está a crescer abaixo da sua capacidade e disse acreditar estarem criadas as condições para a retoma do crescimento económico com os investimentos feitos e as reformas introduzidas.

Cristina Duarte baseou as afirmações proferidas nas previsões recentemente divulgadas pelo Fundo Monetário Internacional de um crescimento da economia de Cabo Verde de 3,5% em 2015 e de 4% em 2016.

O jornal informou ter sido esta a última vez que a Espanha faz parte do GAO, dado que o governo espanhol decidiu mudar a estratégia relativa à cooperação internacional que inclui, entre outras alterações, a redução da ajuda não reembolsável. (Macauhub/CV/PT)

MACAUHUB FRENCH