Presidentes de Angola e da China defendem reforço da cooperação bilateral

4 December 2015

Angola e a China devem consolidar e aprofundar a parceria estratégica bilateral existente para benefício mútuo, defenderam quinta-feira em Joanesburgo, África do Sul, os presidentes angolano José Eduardo dos Santos e chinês Xi Jinping.

Xi mencionou que as relações bilaterais estão “ao seu nível mais elevado de sempre” e garantiu que a China pretende continuar a trabalhar com Angola a fim de apoiar o desenvolvimento do país, nomeadamente nos sectores industrial, financeiro e de construção de infra-estruturas.

Citado pela agência noticiosa Xinhua, o presidente da China apelou a um maior intercâmbio em áreas como educação, cultura, cuidados de saúde, comunicação social, juventude, turismo e recursos humanos.

Os dois dirigentes, que se encontraram em Joanesburgo à margem da Cimeira dos Chefes de Estado e do Governo do Fórum de Cooperação África/China, a decorrer hoje e sábado, aproveitaram o momento para analisar algumas questões internacionais, em particular as relacionadas com a região dos Grandes Lagos, na África central.

O Presidente José Eduardo dos Santos, depois de se ter referido à visita de Estado que efectuou este ano à China, em que foram alcançados “consensos importantes”, mencionou alguns sectores da actividade económica em que Angola está interessado na cooperação chinesa, casos da indústria petrolífera, conservação de recursos hídricos e processamento alimentar, além do financeiro.

O embaixador da China em Angola, Cui Aimin, anunciou segunda-feira estarem a decorrer reuniões entre grupos técnicos dos dois países para a elaboração de acordos monetário, de protecção recíproca de investimentos e de introdução de facilidades na concessão de vistos. (Macauhub/AO/CN)

MACAUHUB FRENCH