BP Angola anuncia aumento da produção para 480 mil barris por dia até 2020

7 December 2015

A BP Angola vai aumentar em 50% a produção de petróleo no país até 2020, a fim de passar dos actuais 320 mil barris por dia para 480 mil, anunciou sexta-feira, em Luanda, o presidente da subsidiária do grupo BP.

Darry Willis disse também que mesmo que o preço do barril baixe para uns hipotéticos 20 dólares a empresa manter-se-á em Angola, quando falava sobre as estratégias e perspectivas da empresa face ao cenário económico actual no decurso do debate mensal promovido pela Câmara de Comércio Estados Unidos Angola, conhecido por “First Friday Club.”

O presidente da BP Angola citou previsões que apontam para a possibilidade de o preço do barril de petróleo continuar baixo durante muito tempo e que nos próximos cinco anos haverá um excesso de oferta no mercado mundial.

A resposta da BP Angola a esta nova realidade passa pelo aumento da produção, pela redução da mão-de-obra estrangeira e continuar a ser operadora dos blocos 18 e 31.

A BP Angola detém 50% do Bloco 18, onde produz 150 mil barris por dia onde tem como parceiro a sino-angolana Sonangol Sinopec International (SSI) e 26,67% do Bloco 31, onde extrai 170 mil bpd e está associada à Sonangol Pesquisa e Produção com 45%, a norueguesa Statoil com 13,33% e a SSI Thirty One Limited (15%).

A BP Angola também funciona como operadora nos blocos 19 e 34 e tem participações em activos operados por outras empresas nos blocos 15,17,20 25 e 26, bem como na unidade de processamento de gás natural da Angola LNG, situada no Soyo.

Depois de entrar na indústria petrolífera nacional nos anos 70, a companhia investiu 30 mil milhões de dólares na produção de petróleo e gás e detém uma quota de 20% do total dos hidrocarbonetos produzidos em Angola. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH