Banco Caixa Geral Angola pretende apoiar internacionalização das empresas angolanas

11 December 2015

O apoio à internacionalização das empresas de Angola será uma das apostas do Banco Caixa Geral Angola, disse quinta-feira em Luanda o presidente da comissão executiva da instituição que perdeu a designação Totta com a saída do grupo bancário espanhol Santander.

Marques Pereira adiantou ser importante apoiar a internacionalização das empresas angolanas e ajudar outras empresas a investirem em Angola, aproveitando a rede internacional em que o grupo CGD está integrado bem como a rede internacional de alguns dos accionistas, particularmente da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola.

O Banco Santander Totta e a Santotta – Internacional SGPS anunciaram a 8 de Julho a venda da sua participação de 49% no capital social da PartAng SGPS à Caixa Geral de Depósitos, passando o grupo CGD a deter a totalidade do capital daquela sociedade e por sua vez 51% do capital social do agora designado Banco Caixa Geral Angola.

Além da holding PartAng (51%), a estrutura accionista do banco, que opera em Angola desde 2009, é detida pela petrolífera estatal angolana Sonangol (25%) e pelos empresários Jaime Freitas (12%) e António Mosquito (12%).

O banco registou em 2014 um resultado líquido de 9,1 mil milhões de kwanzas (61,4 milhões de euros), o quarto melhor registo do sistema financeiro angolano no ano passado. (Macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH