Pólos de desenvolvimento industrial em Angola criaram mais de 12 mil postos de trabalho

11 December 2015

Os pólos de desenvolvimento industrial (PDI) construídos em Angola desde 2002, final da guerra civil, permitiram a criação de 12,5 mil postos de trabalho, revelou quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.

Ao falar sobre o tema “O papel dos pólos de desenvolvimento industrial na diversificação da economia”, na 2ª edição da ExpoIndústria, que decorre de 10 a 13 deste mês, em Luanda, o secretário de Estado referiu que este número de postos de trabalho resultou da construção dos pólos nas províncias de Luanda, Cabinda, Benguela, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Zaire, Malanje, Uíge, Huambo e Cuando Cubango.

Kiala Gabriel, citado pela agência noticiosa Angop, disse que no Pólo de Viana, o maior do país, estão em funcionamento 871 empresas e que o de Catumbela (Benguela) conta com 408 empresas, que em conjunto empregam a maior parte dos trabalhadores, mais de 6800.

O secretário de Estado referiu que o governo prevê vir a construir, de forma faseada, 22 novos pólos de desenvolvimento industrial, que irão ocupar uma área estimada em 36 mil hectares.

A edição deste ano da ExpoIndústria, evento que decorre nas instalações do Pólo de Desenvolvimento Industrial de Viana, em Luanda, tem como lema “Indústria nacional, motor da mudança” e conta com expositores nacionais e estrangeiros do sector industrial. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH