Empresa de Moçambique exporta mais de 100 toneladas de chá para a China

11 December 2015

A empresa Chá Magoma, que funciona na província da Zambézia, Moçambique, exportou este ano para a China mais de 100 toneladas de uma variedade de chá denominada “Ortodoxa”, disse um responsável da empresa à estação emissora Rádio Moçambique.

Valdemiro Varinde disse que a variedade de chá exportada é muito nutritiva e aromática, permitindo à empresa que tem sede no distrito do Gurué, o centro da produção de chá no país, obter a moeda estrangeira necessária à prossecução da sua actividade.

Esta variedade de chá foi recentemente introduzida por solicitação do mercado, depois de 45 anos de abandono devido aos elevados custos de produção, uma vez que de cada arbusto são colhidas folhas apenas da parte superior, enquanto nas outras variedades podem ser colhidas folhas da zona intermédia.

A Chá Magoma comercializou este ano mais de duas mil toneladas de chá colhidas numa área de dois mil hectares, de um total de sete mil que detém.

Com mais de dois mil e quinhentos trabalhadores, a empresa investiu, nos últimos sete anos, mais de 10 milhões de dólares, tendo como principais mercados de exportação da variedade “Ortodoxa” a China, EUA, Emirados Árabes Unidos e Quénia. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH