Angola e China debatem reforço da cooperação geológica e mineira

16 December 2015

O reforço da cooperação geológica e mineira entre Angola e a China foi um dos temas abordados pelo ministro angolano da Geologia e Minas quando na terça-feira se reuniu em Pequim com o ministro chinês da Terra e Recursos, informou a Embaixada de Angola na China.

No comunicado, a Embaixada adiantou que além do encontro com o ministro Jiang Daming, Francisco Queiroz manteve igualmente uma reunião com o director dos Serviços de Geologia da China, Hu Ping.

O ministro angolano recordou no decurso dos dois encontros que os dois países estão já a cooperar no âmbito do Plano Nacional de Geologia (Planageo), lançado em Maio de 2014 e que vai permitir o levantamento geológico e mineiro de Angola.

A realização do Planageo conta com os serviços de quatro empresas estrangeiras, entre as quais a chinesa CITIC Construction, cujo compromisso para com Angola foi segunda-feira reafirmado pela presidente da empresa, Hong Bo, durante um encontro de trabalho com o ministro angolano.

Francisco Queiroz participa hoje, quarta-feira, em Langfang, província do Hubei, na cerimónia de encerramento do primeiro curso com estudantes angolanos que irão trabalhar nos laboratórios geológicos de Angola, a serem construídos no âmbito do Plano Nacional de Geologia (Planageo).

O Plano Nacional de Geologia permite, até 2017, efectuar o cadastro dos potenciais recursos mineiros, envolvendo levantamentos aéreos, recolha e análise de amostras, sendo classificado pelo governo angolano como um instrumento estrutural na estratégia de diversificação da economia.

Na segunda-feira, o ministro esteve presente na cerimónia de assinatura de um memorando de entendimento entre o Instituto Geológico de Angola e o seu congénere chinês. (Macauhub/AO/CN)

MACAUHUB FRENCH