Companhia aérea de Marrocos contrata trabalhadores na Guiné-Bissau

29 December 2015

Vinte cinco jovens de ambos os sexos da Guiné-Bissau foram recrutados para trabalharem como assistentes de bordo na companhia aérea Royal Air Maroc (RAM), anunciou em Bissau a Secretaria de Estado dos Transportes e Comunicações (SETC).

O recrutamento dos referidos jovens foi feito ao abrigo “das boas relações existentes entre o governo da Guiné-Bissau, através daquela Secretaria de Estado e a companhia aérea marroquina”, de acordo com o comunicado do SETC.

O grupo deve deixar a Guiné-Bissau com destino a Casablanca (Marrocos) no início de 2016 para serem afectados aos diferentes aparelhos da companhia marroquina.

A Royal Air Maroc estabelece ligações diárias entre Bissau e Lisboa via Casablanca excepto às terças-feiras. (Macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH