Angola com produção recorde de diamantes em 2015

31 December 2015

Angola atingiu em 2015 um novo recorde na produção de diamantes com a extracção de 8,837 milhões de quilates que proporcionaram uma receita de 1107 milhões de dólares, informou quarta-feira em Luanda o ministro da Geologia e Minas.

Francisco Queirós, que apresentava um balanço das actividades dos subsectores dos diamantes e das rochas ornamentais em 2015, disse que, embora se tenha batido um recorde de produção, a receita foi inferior à registada em 2014, devido à quebra dos preços dos diamantes nos mercados internacionais.

A receita obtida com a venda de diamantes em 2014 ascendeu a 1303 milhões de dólares.

“No entanto, estamos satisfeitos, por que atingimos uma meta de produção bastante boa, que se cifrou em 103% do previsto no Plano Nacional de Desenvolvimento revisto”, adiantou o ministro.

A produção de rochas ornamentais, por seu turno, atingiu 39,5 mil metros cúbicos, montante que representa 71,4% da meta de 55 mil metros cúbicos prevista naquela plano de desenvolvimento.

Neste caso, embora a produção tenha sido inferior à prevista, a receita atingiu 8,3 milhões de dólares, contra uma previsão de 6,6 milhões de dólares.

“Estamos em presença de um ano que, em termos de produção, foi bastante positivo”, disse Francisco Queirós, que acrescentou ter a produção de inertes, nomeadamente para a construção civil, atingido 4,5 milhões de metros cúbicos.

Em 2015, o Ministério da Geologia e Minas emitiu 33 licenças, entre as quais se destacam 21 para a produção de rochas ornamentais e inertes, três para diamantes e uma para ouro e que renderam aos cofres do Estado 120 milhões de kwanzas em taxas e emolumentos. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH