Número de empresas activas em Cabo Verde cresce 1,5% em 2014

4 January 2016

O número de empresas activas em Cabo Verde em 2014 cresceu 1,5%, o de trabalhadores 3,0% mas a facturação registou uma quebra de 3,4% quando se compara estes valores com os contabilizados em 2013, informou o Instituto Nacional de Estatística.

Os resultados provisórios do Inquérito Anual às empresas, 2014, divulgado no dia 31 de Dezembro passado, indicam que no final de 2014 Cabo Verde tinha 9185 empresas activas, um acréscimo de 136 relativamente a 2013, empregando 52 518 pessoas (mais 1543).

No entanto, o valor dos negócios variou no sentido oposto, tendo-se situado em 244 milhares de milhões de escudos, uma quebra homóloga de 8,5 mil milhões de escudos.

Os dados do inquérito mostram que a assimetria entre as ilhas é visível em termos estatísticos, registando-se uma grande concentração da actividade empresarial nas ilhas de Santiago, São Vicente, Sal e Boa Vista.

Em 2014, cerca de 79% das empresas activas localizavam-se nessas três ilhas, absorvendo 92% dos trabalhadores totais e acumulando 97% do valor dos negócios gerados nesse ano em Cabo Verde.

O sector do Comércio, à semelhança de anos anteriores, foi aquele em que se concentrava maior número de unidades empresariais (47%), seguido das actividades de alojamento e restauração (15%) e indústria transformadora (10 %).

Relativamente ao Pessoal ao Serviço nas empresas, o Comércio foi também aquele em que se concentra maior emprego (23 %), seguido das actividades de Alojamento & Restauração (19%) e Indústria Transformadora (13%).

O Comércio foi o sector que gerou maior facturação (39%), seguido do Alojamento & Restauração e Construção (ambos com 9%) e das Actividades Financeiras & de Seguros e Indústria Transformadora (ambos com 8 %). (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH