Embaixador da China garante apoio continuado à Guiné-Bissau

11 January 2016

O embaixador da China na Guiné-Bissau, Wang Hua, reafirmou a vontade do seu país em manter este ano o apoio ao governo guineense no combate à pobreza e à fome, de acordo com declarações proferidas sexta-feira em Bissau.

No final de uma audiência concedida pelo primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Correia, o embaixador disse terem ficado definidas algumas medidas no âmbito da cooperação bilateral e garantiu que essa cooperação será reforçada e aprofundada nos anos mais próximos.

Wang Hua prometeu, por outro lado, que a China irá iniciar na Guiné-Bissau, ainda no decurso do primeiro trimestre de 2016, alguns projectos ligados aos sectores da energia bem como a construção de um complexo de pesca artesanal no Alto Bandim, nos arredores de Bissau.

Estes projectos, segundo o embaixador, surgem na sequência do cumprimento das promessas feitas ao presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, por parte do seu homólogo chinês na cimeira China/África, recentemente realizada na África do Sul.

Na ocasião, a secretária de Estado da Cooperação Internacional e das Comunidades, Suzi Barbosa, reconheceu que a China tem sido um grande parceiro da Guiné-Bissau, ao nível da cooperação bilateral, e apontou algumas das infra-estruturas construídas no país, casos da Assembleia Nacional Popular, Estádio Nacional de Futebol, Hospital Amizade Sino/Guineense e o Palácio da Justiça, cuja entrega deverá ocorrer em breve. (Macauhub/CN/GW)

MACAUHUB FRENCH