Banco de Moçambique defende produção para estabilizar moeda

12 January 2016

O governador do Banco de Moçambique defendeu o aumento da produção e consequente redução das importações como medidas fundamentais para estabilizar a moeda do país face a outras moedas, concretamente o dólar e o euro.

Ernesto Gove, citado pela Rádio Moçambique, destacou a a importância de se enveredar por uma acção que favoreça um ambiente de negócio adequado e impulsionador do investimento, produção, produtividade e emprego.

O governador falou igualmente da importância da canalização das poupanças para os bancos como uma forma de robustecer a economia moçambicana, dado que a grande maioria da população ainda não possui uma conta bancária.

Dados oficiais divulgados em Dezembro último de 2015 indicam que a moeda moçambicana desvalorizou-se 43% em relação ao dólar, entre Janeiro e Outubro de 2015.

Outra das consequências da desvalorização da moeda é o aumento dos preços dos produtos importados, tendo o Instituto Nacional de Estatística informado sexta-feira que a inflação acumulada em 2015 situou-se em 10,55%, o mais elevado aumento dos preços registado nos últimos cinco anos.

Em Dezembro, concretamente, a inflação homóloga (Dezembro de 2015 sobre Dezembro de 2014) atingiu 4,76%, valor que compara com 1,93% um ano antes e que representa um acréscimo real de 2,83 pontos percentuais ou percentual de 146%. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH