Japão interessado na construção de infra-estruturas em Moçambique

13 January 2016

O Japão pretende cooperar com Moçambique na construção de infra-estruturas, disse terça-feira em Maputo o vice-ministro da Terra, Infra-Estruturas, Transportes e Turismo, Takatoshi Nishiwaki.

O ministro, que lidera uma delegação que integra 25 empresários dos sectores da construção, consultoria e engenharia civil, recordou que o Japão tem sido no passado recente um parceiro importante do governo de Moçambique na construção de infra-estruturas.

Em Nacala, por exemplo, deverão iniciar-se as obras da segunda fase de modernização e expansão do porto daquela cidade, com um custo estimado em 300 milhões de dólares financiados com empréstimos do Japão, depois de a primeira fase, igualmente com fundos japoneses, ter sido entregue pela empresa japonesa que obteve a empreitada.

Danúbio Lado, do Centro de Promoção de Investimentos (CPI), disse, por outro lado, que quase 57% do investimento directo estrangeiro aprovado em Moçambique de 2010 a 2014, no montante de 23 mil milhões de dólares, tiveram como destino a construção de infra-estruturas. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH