Moçambique recebe primeiras três embarcações de intercepção

14 January 2016

As primeiras três embarcações de intercepção HSI 32 encomendadas por Moçambique a um estaleiro naval de França deverão chegar ao porto de Pemba, norte do país, a 1 de Fevereiro próximo, noticiou a defenceWeb.

A página electrónica sul-africana dedicada a assuntos de defesa noticiou ainda que as três embarcações construídas pela Constructions Mecaniques de Normandie (CMN), uma empresa com sede em Cherbourg, norte de França, foram colocadas a bordo do navio holandês de carga Deltagracht a 9 de Janeiro.

Em Setembro de 2013 o governo de Moçambique assinou um contracto com a CMN no valor de 200 milhões de euros para a construção de três Ocean Eagle 43s, três interceptores HSI 32 e 24 navios de pesca, navios estes que deram início à frota da Empresa Moçambicana de Atum (Ematum).

As primeiras HSI 32 foram lançadas à água em Março de 2015 tendo a CMN, nos termos do contracto, dado formação a 34 marinheiros moçambicanos que vão constituir as tripulações.

A defenceWeb noticiou também que o governo de Moçambique encomendou aos mesmos estaleiros mais três HSI 32 em Janeiro de 2015.

Estas embarcações têm 32,2 metros de comprimento e 6,4 de largura, uma tripulação de 12 elementos, uma velocidade máxima de 43 nós e uma autonomia de três dias ou 800 milhas náuticas.

Os três navios de patrulha Ocean Eagle 43 deverão ser entregues a Moçambique em Abril próximo, indo a formação das respectivas tripulações iniciar-se em breve em França. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH