Ilha de Cabo Verde com central única de produção de energia eléctrica

19 January 2016

A central única da ilha do Fogo, a terceira em Cabo Verde, foi inaugurada sexta-feira, um projecto que vai reforçar a capacidade de distribuição de energia naquela ilha, noticiou a imprensa cabo-verdiana.

A central dota a ilha de novos equipamentos, entre os quais dois grupos electrogéneos, que totalizam 3200 KW de potência e que se adicionam aos 2600 KW de potência de outros dois grupos electrogéneos existentes no concelho, totalizando 5800 quilowatts de potência.

O projecto custou 642 milhões de escudos cabo-verdianos (6,4 milhões de dólares), tendo sido financiado em parceria com a agência de cooperação dos Países Baixos, Banco de Investimento e Desenvolvimento da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental e com o Fundo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para o Desenvolvimento Internacional (OFID).

A anterior central única, construída de raiz na cidade do Porto Novo, foi inaugurada em Outubro do ano passado, em Santo Antão, dispondo de uma capacidade de produção de 5200 quilowatts e tendo custado cerca de 800 milhões de escudos (7,9 milhões de dólares).

Em Março de 2013, foi inaugurada a primeira central única do país, localizada num dos bairros da Praia, um investimento de 52 milhões de euros, co-financiado pela JICA do Japão, Banco Africano de Desenvolvimento, Banco de Investimentos e de Desenvolvimento e CEDEAO. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH