Empresa mineira alerta para concorrência desleal em Moçambique

19 January 2016

A Montepuez Ruby Mining (MRM), uma empresa que explora depósitos de rubis em Montepuez, alertou as autoridades da província de Cabo Delgado para a concorrência desleal que mineiros clandestinos representam, informou um representante da empresa.

A MRM, uma parceria com a empresa moçambicana Mwiriti Ltd. controlada em 75% pela britânica Gemfields, obteve em Fevereiro de 2012 uma concessão válida por 25 anos abrangendo uma área de 33 600 hectares para a exploração de depósitos de rubis naquela província do norte de Moçambique.

Saul Muchine, quadro da empresa, disse ao jornal Notícias, de Maputo, que a extracção clandestina de rubis está a aumentar, com os mineiros a procederem à exportação das pedras preciosas sem que haja lugar ao pagamento de qualquer tipo de imposto, ao contrário do que sucede com a empresa.

A Montepuez Ruby Mining foi considerada, em 2015, como o maior contribuinte na província de Cabo Delgado, tendo entregue à Autoridade Tributária cerca de 320 milhões de meticais (7 milhões de dólares), montante devido na sequência dos leilões realizados para a venda dos rubis. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH