BAD ajuda São Tomé e Príncipe a melhorar agricultura e pescas

20 January 2016

Um programa financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) permitiu modernizar uma parte significativa da agricultura e pescas de São Tomé e Príncipe, informou a instituição financeira em documento publicado na respectiva página electrónica.

O documento sobre quatro anos de execução do Programa de Recuperação de Infra-estruturas de Apoio à Segurança Alimentar (PRIASA), de 2012 a 2016, indica terem sido já recuperadas estradas e construídos canais de irrigação de terrenos agrícolas, centros de armazenamento de peixe e diversas outras estruturas e realizadas acções de formação dirigidas a agricultores, pescadores e pessoal técnico.

O sector rural, que emprega cerca de 60% da população activa, foi o alvo preferencial do acordo assinado em 2013 entre o BAD e o governo são-tomense, que prevê a disponibilização de 156 milhões de dólares até 2018, distribuídos pela agricultura e pescas (45%), serviços (37%) e apoios sociais (18%).

O Banco Africano de Desenvolvimento, que apoia São Tomé e Príncipe desde 1978, informou também que o PRIASA beneficia directamente mais de 10 mil pessoas, quase metade mulheres que desempenham um papel essencial no processamento dos produtos e na organização do mercado. (Macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH