Novo Banco recebe propostas de compra do Banco Internacional de Cabo Verde

20 January 2016

A venda do Banco Internacional de Cabo Verde (BICV) deverá ficar concluída em breve, tendo o Novo Banco recebido manifestações de interesse por parte de diversos investidores, escreveu o jornal português Diário Económico.

O jornal acrescentou que embora seja o Novo Banco, instituição que herdou os activos de qualidade do falido Banco Espírito Santo, a conduzir o processo, a palavra final caberá ao Banco de Portugal.

Uma das propostas de compra do BICV, que tem um valor de balanço de 14 milhões de euros, foi apresentada por um consórcio de investidores luso-africanos, liderado por José Veiga, antigo empresário de jogadores de futebol e ex-director geral do Sport Lisboa e Benfica.

A venda do Banco Internacional de Cabo Verde será mais um passo no plano de venda de activos não estratégicos que o Novo Banco tem em curso e que prevê, além disso, a alienação do Banque Espírito Santo et de la Vénétie e de outras subsidiárias.

Dados divulgados pelo próprio BICV indicam que no final de 2014 o banco contava com 1893 clientes, dos quais 1484 eram particulares e os restantes 409 eram empresas cabo-verdianas e estrangeiras.

O total do activo no final desse mesmo ano era de 12 mil milhões de escudos cabo-verdianos (105 milhões de euros) e os depósitos ascendiam a 9,9 mil milhões de escudos. (Macauhub/CV/PT)

MACAUHUB FRENCH