Porto de Maputo, Moçambique, processa menos carga em 2015

3 February 2016

A carga processada no porto de Maputo em 2015 – 15,6 milhões de toneladas – representou uma contracção de 19,17% comparativamente aos 19,3 milhões de toneladas processados em 2014, informou terça-feira em Maputo a sociedade gestora do porto.

A Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC) justificou a queda verificada com as condições difíceis vividas nos mercados internacionais, com uma descida acentuada dos preços das matérias-primas em comparação com anos anteriores.

As maiores quebras em tonelagem verificaram-se no carregamento de carvão e de magnetite, bem como no terminal de viaturas e de açúcar, informou a MPDC em comunicado.

A MPDC garantiu manter os investimentos previstos para 2016 no âmbito do plano director traçado para o porto de Maputo, apesar da tendência de queda verificada nos mercados internacionais, sendo o aprofundamento do canal de acesso ao porto para 14,2 metros o grande projecto a desenvolver.

A Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC) é uma empresa privada, que resulta de uma parceria entre a estatal Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique, os grupos sul-africano Grindrod e DP World do Dubai e a Mozambique Gestores. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH