Moçambique poderá fixar preço de referência para a castanha de caju

4 February 2016

O governo de Moçambique poderá vir a fixar preços de referência para “disciplinar a comercialização da castanha de caju”, tendo uma proposta nesse sentido sido já submetida a Conselho de Ministros, disse a directora do Instituto de Fomento do Caju (Incaju).

Filomena Maiópuè disse ao jornal Notícias, de Maputo, que a proposta pretende devolver alguma estabilidade ao processo de comercialização da castanha, proporcionando benefícios tanto aos produtores como aos industriais.

Nos últimos anos diversos intervenientes no processo de compra, sobretudo estrangeiros envolvidos na exportação da castanha em bruto, têm fixado valores de compra elevados, inviabilizando a aquisição da matéria-prima por parte dos industriais moçambicanos.

A directora do Incaju, organismo dependente do Ministério da Agricultura, indicou que, caso mereça aprovação por parte do Conselho de Ministros, a nova medida vai começar a ser aplicada na próxima campanha, que se inicia no mês de Setembro. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH