Barragem de Massingir, Moçambique, em obras para garantir segurança

22 February 2016

Os descarregadores de fundo da barragem de Massingir, na província de Gaza, vão contar com uma estrutura dupla em aço e uma blindagem de ferro e betão, a fim de evitar possíveis rupturas como a verificada em Maio de 2008, disse um responsável da obra.

A 22 de Maio de 2008 registou-se uma falha que originou uma fuga de água de mais de 1000 metros cúbicos por segundo que danificou a estrutura de betão armado das descargas de fundo e provocou a erosão nos aterros circundantes.

Luís Mandlate, director do projecto de recuperação daquela barragem, disse ainda ao jornal Notícias, de Maputo, que a obra compreende a substituição de elementos hidromecânicos, bem como a introdução de uma conduta de 6,4 metros de diâmetro dentro da actualmente existente, que é de oito metros, para aumentar a segurança do empreendimento.

As obras, com a duração de dois anos e um custo estimado em 60 milhões de dólares, estão a cargo de um consórcio liderado pela CMC África Austral, Lda, subsidiária da empresa italiana CMC.

Estas obras visam essencialmente garantir o funcionamento pleno da barragem e criar condições para a viabilização do projecto Massingir Agro-Industrial, para a irrigação de uma área de 37 mil hectares e produção de cana-de-açúcar no distrito.

A barragem de Massingir, construída no início da década de 70 do século XX, foi concebida para a irrigação de uma área de cerca de 90 mil hectares ao longo de todo o vale do Limpopo. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH