Macau quer atrair mais convenções e exposições da região Ásia-Pacífico

25 February 2016

O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) esteve presente na “Asia-Pacific Incentives and Meetings Expo 2016” (AIME 2016) que encerrou quarta-feira em Melbourne, Austrália, a fim de atrair a Macau mais convenções e exposições da região Ásia-Pacífico.

A missão organizada pelo IPIM, que desde Janeiro é responsável pela coordenação e promoção externa da indústria de convenções e exposições de Macau, era chefiada pela vogal executiva do instituto Va Kuan Lau e integrava responsáveis do turismo de Macau, de hotéis, agência de viagens e operadores e gestores de eventos.

Sob o lema “Macau – Capital de grandes eventos”, o IPIM instalou um pavilhão na AIME 2016 para dar a conhecer a potencialidade de Macau como centro de exposições, convenções e encontros, atraindo deste modo eventos internacionais.

O IPIM anunciou, entretanto, que durante o corrente ano vão realizar-se em Macau o Congresso Mundial de Profissionais Chineses de Seguros de Vida e a Conferência Anual do Prémio Dragão Internacional (IDA, na sigla inglesa), com a participação estimada de seis mil delegados, a 9.ª edição da “SIGGRAPH Asia”, que se espera poder atrair mais de sete mil participantes, a “Jeunesse Greater China Meeting” e a “NU Skin Academy 2016”, com mais de sete mil participantes.

Com o objectivo de diversificar a economia de Macau, o governo lançou uma série de acções destinadas a tornar a Região Administrativa Especial de Macau num grande centro de convenções, exposições e eventos do delta do rio das Pérolas atraindo assim mais investimentos, empresários e turistas.

Dados da Direcção de Estatística e Censos de Macau indicam que entre Janeiro e Setembro de 2015 realizaram-se 637 reuniões, conferências e exposições (mais 77 do que em igual período de 2014) que contaram com 1,6 milhões de participantes e visitantes, o que representa mais 8,7% do que em igual período do ano anterior. (Macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH