Angola produz mais petróleo em 2015 mas receita quebra 34%

26 February 2016

Angola produziu em 2015 mais de 649 milhões de barris de petróleo, um acréscimo de 6% em termos anuais e uma média diária de 1,779 milhões de barris, informou quinta-feira em comunicado a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol).

A produção de gás natural por seu turno caiu 8% para 507 mil toneladas, num ano em que a unidade de processamento de gás natural do Soyo, no norte do país, continuou paralisada.

A concessionária obteve uma receita 2,29 biliões de kwanzas (14,38 mil milhões de dólares), “inferior em cerca de 34% à receita total de 2014”, quebra que foi parcialmente compensada pelo aumento dos rendimentos resultantes da actividade de refinação, distribuição e venda de combustíveis.

“O aumento do preço dos combustíveis em Janeiro e em Abril de 2015 foi determinante para esse equilíbrio parcial na receita da empresa”, pode ler-se no comunicado.

O EBITDA (resultados antes dos encargos financeiros, impostos, depreciação e amortizações) registado pela Sonangol em 2015 caiu 45% para 1,24 biliões de kwanzas (7,08 mil milhões de dólares), tendo o lucro líquido caído 68,27% para 44 148 milhões de kwanzas (276 milhões de dólares).

A Sonangol disse que os principais factores que afectaram negativamente o lucro líquido foram a redução do preço do petróleo, bem como imparidades sobre os activos petrolíferos em produção, poços secos e descobertas não comerciais. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH