Receita fiscal de Angola com quebra de 26% em 2015

3 March 2016

Angola arrecadou 3,242 biliões de kwanzas (20,3 mil milhões de dólares) em impostos em 2015, uma queda de 26,35% face a 2014, de acordo com o documento de estratégia do governo do país para ultrapassar a crise desencadeada com a queda dos preços do petróleo.

O documento, citado pela agência noticiosa Lusa, informa que as receitas não petrolíferas terão aumentado para 1,205 biliões de kwanzas (7,5 mil milhões de dólares), “16,13% abaixo da previsão governamental.”

As contas de 2015, lê-se no documento, estão “fortemente influenciadas” pela queda do preço do barril de petróleo, como o défice orçamental que ronda 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB), contra uma previsão anterior de 4,2%.

A conjuntura provocada pela quebra da cotação do barril de petróleo no mercado internacional – que obrigou em Março à aprovação de um novo orçamento do Estado para 2015 – originou, reconhece este documento, a um corte nas despesas públicas correntes de 69,75% e de 30,25% nas despesas de capital.

O governo angolano aprovou a 27 de Janeiro um documento de estratégia para ultrapassar a crise financeira, que passa pela substituição do petróleo como principal produto de exportação de Angola e recorrendo a endividamento para investir na produção interna, de acordo com a informação prestada na altura pelo ministro do Planeamento e do Desenvolvimento Territorial, Job Graça. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH