Macau apoia negócios entre a China e os países de língua portuguesa

3 March 2016

As representações do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento (IPIM) de Macau apoiaram, em 2015, negócios estimados em mais de 3 mil milhões de patacas (375 milhões de dólares) entre a China continental e os países de língua portuguesa, segundo informação do instituto.

O IPIM dispõe de representações ou Gabinetes de Ligação nas províncias de Zhejiang (Hangzhou), Sichuan (Chengdu), Guangdong (Jieyang), Liaoning (Shenyang) e Fujian (Fuzhou).

O IPIM, numa nota tornada pública, assinala que os investimentos durante 2015 foram realizados nos sectores de alta tecnologia, turismo e imobiliário, biomedicina, novas energias, logística e armazenagem e protecção ambiental, entre outras.

Na área de alta tecnologia o IPIM destaca a decisão do grupo Newland Hi-Tech da cidade de Fuzhou, na província de Fujian, de instalar em Macau uma empresa destinada a desenvolver sistemas inteligentes para transportes e tecnologias ambientais.

O director-geral da Newland Hi-Tech Group Liu Jindong revelou que, em 2015, criou em Macau a empresa Macao Newland Tech Co., Ltd que numa primeira fase irá investir mil milhões de patacas (US$ 125 milhões) com o objectivo de usar Macau como plataforma de negócios para os países de língua portuguesa e para a as regiões de Cantão e Shenzhen. (Macauhub/CN/MO)

MACAUHUB FRENCH