Presidente da Transportes Aéreos de Cabo Verde confirma despedimentos

10 March 2016

O quadro de pessoal da companhia Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) vai ser reduzido em mais de uma centena de trabalhadores através de reformas antecipadas, rescisões amigáveis e mesmo despedimentos, confirmou o presidente da transportadora.

João Pereira da Silva, citado pelo jornal A Semana, disse que havendo um processo de reestruturação em curso “algum dia se havia de chegar ao pessoal” mas salientou não poder dizer se a redução do quadro de pessoal envolve 110 ou 120 trabalhadores.

A TACV tem como único accionista o Estado, pelo que cabe a este autorizar os despedimentos e garantir o pagamento das indemnizações.

João Pereira da Silva disse ainda que a proposta de reestruturação técnico-operacional está quase pronta, “estando praticamente alinhada a nova estrutura empresarial, que será menos pesada em termos de administração, direcções e departamentos.”

A parte financeira do processo de reestruturação financeira, a companhia tem um passivo estimado em 90 milhões de euros, “será apreciada mais tarde, tendo em conta que é preciso dinheiro.”

Em Janeiro passado, a  Caixa Económica de Cabo Verde comprou a totalidade da dívida dos Transportes Aéreos de Cabo Verde junto dos bancos cabo-verdianos, no montante de 1200 milhões de escudos (cerca de 10 milhões de euros. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH