Linha de transporte de energia entre o Soyo e Luanda, Angola, concluída em Maio

17 March 2016

A colocação das 1500 torres da linha de transporte de energia eléctrica em alta tensão entre a central de ciclo combinado em construção no Soyo até à capital, Luanda, fica concluída em Maio próximo, garantiu quarta-feira o ministro da Energia e Águas.

O ministro João Baptista Borges, que efectuava uma visita ao Soyo, salientou que as obras estão a decorrer “a um ritmo satisfatório”, devendo a empresa a quem foi adjudicado o contrato de colocação das torres concluir os trabalhos no final da épocas das chuvas.

Citado pela agência noticiosa Angop, o ministro informou que uma linha de transporte de energia será também montada nos próximos meses no itinerário Nzeto/Tomboco/Mbanza Congo/Nóqui/Cuimba, na província do Zaire, bem como para as zonas norte e sul da província de Luanda.

Numa primeira fase, a central de ciclo combinado do Soyo deverá gerar 750 megawatts de energia eléctrica, a que serão posteriormente adicionados mais 500 megawatts, potência considerada suficiente para atender a região e outros pontos do país.

Dados disponíveis apontam que cerca de dois milhões de consumidores das províncias do Zaire, Luanda, Bengo e Uíge, começarão a receber a partir de 2017 energia eléctrica a ser produzida pela central abastecida a gás natural em construção no Soyo. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH